A PARTIR DE MARÇO SINDICOMUNITÁRIO INICIA PROJETO PILOTO DE CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Iniciativa será destinada principalmente a associados, dependentes, imigrantes e refugiados 

Roberto Prebill anuncia oficialmente a implantação do Programa Agente Imigrante e Projeto Social de Orientação ao Imigrante e Refugiado – PSOIR na abertura do IV Seminário Internacional de Boas Práticas em Saúde do Adolescente para as Américas - “Ações Positivas para 2016”, no Centro de Convenções Rebouças. (Crédito: ASCOM/Sindicomunitário)

 

Desde o segundo semestre de 2015 o Sindicomunitário-SP vem desenvolvendo programas e projetos para ajudar a acolher da melhor maneira possível imigrantes e refugiados que procuram a capital paulista em busca de uma vida melhor.

Eles são oriundos de diversos países que vivem graves crises, sejam de ordem econômica ou política. Alguns fogem de sua terra natal por causa de guerras e ditaduras, como é o caso, principalmente, dos sírios. Outros tentam escapar da miséria. Haitianos, nigerianos, congolenses, entre outros, têm buscado em São Paulo e no resto do Brasil um refúgio seguro.

Nosso município conta, desde agosto de 2014, com o Centro de Referência e Acolhida para o Imigrante (CRAI), que oferece serviços públicos a esses companheiros em diversas áreas. Porém, o público abrangido pelo órgão é, em esmagadora maioria, formado por sírios.

O Sindicomunitário-SP, em atitude pioneira no Brasil e preocupado com essa triste realidade, vem oferecendo uma série de serviços de qualidade para ajudar nossos irmãos do Haiti, Congo, Nigéria e de outras nações nas áreas de saúde, educação, moradia e emprego.

Em parceria com o governo do Estado de São Paulo, através das secretarias de Saúde, Saúde do Adolescente e do Trabalho e Emprego, Pastoral do Imigrante e Coordenação de Políticas para a Mulher, além de entidades e instituições como o Centro de Referência de Saúde para a Mulher do Hospital Pérola Byington, Educafro, Missão Paz (Igreja da Paz), Caritas, Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), UNHCR/ACNUR (Agência da ONU para Refugiados), Clínica Indaiá e Fenaac Saúde Total, o sindicato criou o Projeto Social de Orientação aos Imigrantes e Refugiados (PSOIR) e o Programa Agente Imigrante. O lançamento dos programas foi anunciado oficialmente na abertura do IV Seminário Internacional de Boas Práticas em Saúde do Adolescente para as Américas - “Ações Positivas para 2016”, realizado no dia 08 de dezembro do ano passado no Grande Auditório e Salão Nobre do CCR – Centro de Convenções Rebouças.

Entre as diversas ações, destacam-se cursos de idiomas, pré-vestibular, cuidador de pessoas (idosos e deficientes) e quick massage (técnica de massagem terapêutica).

“Por enquanto, é um projeto piloto destinado, entre outras pessoas, a associados, dependentes, imigrantes e refugiados que procuram uma vida melhor na capital paulista e ofereceremos esses cursos em nossa própria sede”, informa o presidente do Sindicomunitário-SP, José Roberto Prebill. “A ideia é estender essas ações por todo o estado e, talvez, para o resto do País através da Fenaac e sindicatos e entidades parceiras e/ou filiadas. Para isso já contamos com o total apoio da diretoria executiva do sindicato. Nosso objetivo é a geração de emprego e renda para a maior quantidade possível de pessoas”, arrematou o sindicalista que é também presidente da Fenaac (Federação Nacional de Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias).

Os cursos de qualificação profissional serão dirigidos também a sindicatos e entidades filiadas à Fenaac e à Fenaac Saúde Total. Associados do Sindicomunitário-SP terão descontos especiais e, para imigrantes e refugiados, não haverá taxa de inscrição ou mensalidades.

 

Sobre os cursos 

O sindicato criou, para isso, uma comissão organizadora cuja coordenação geral estará a cargo do próprio presidente Roberto Prebill, que terá assessoria do Departamento de Comunicação e Eventos do Sindicomunitário-SP. Além do companheiro Prebill, a comissão será formada por Carlos Alberto (vice-presidente do Sindicomunitário), Samara Pereira, Lana Carvalho, Eli. R. Oliveira, Erick Vizoki e Dr. João Paulo Lemos (assistente jurídico da Fenaac).

Confira, a seguir, quais serão os cursos.

- Cuidador de Pessoas: o objetivo desse curso é formar pessoas para cuidar de idosos e deficientes. Com duração de 120 horas, duas aulas por semana com duração de 3 horas cada, as atividades devem ter início já em março/2016.

- Quick Massage: duração de 16 horas, com uma aula de duas horas por semana. Na coordenação desse curso estarão Sandro Duarte e Ricardo Augusto (Clínica Indaiá) e João Paulo de Souza (diretor de base do Sindicomunitário-SP).

- Pré-Vestibular: Serão duas aulas por semana com três horas de duração cada uma. Neste caso é preciso apresentar RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de conclusão do Ensino Médio, carteira de associado do Sindicomunitário e/ou Fenaac Saúde Total para realizar a inscrição. Aqui a coordenação estará por conta de Georges W. Bampale (Agente Imigrante) e Maria Luisa Gatti (diretora de base do Sindicomunitário-SP).

- Idiomas: são cursos de português, francês, inglês e espanhol que serão ministrados através de parceria com professores da USP (Universidade de São Paulo).

O curso de língua portuguesa, mais extenso, é destinado principalmente a imigrantes e refugiados para que se adaptem melhor e mais rapidamente ao nosso idioma. Já os cursos de francês, inglês e espanhol terão carga horária menor e serão abertos a interessados em geral e, principalmente, aos profissionais da saúde para que possam interpretar e conversar com os imigrantes e refugiados que frequentam as unidades de saúde.

Para detalhes e maiores informações, basta entrar em contato com o Sindicomunitário-SP através dos telefones (11) 3313-7495 ou (11) 3311-8521 (falar com Lana carvalho ou Georges Bampale). Ou ainda através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Escrito por Fenaac

Atendimento: (11) 2153-4026- contato@fenaac.org.br
Av. Prestes Maia, 241 - 43º andar - Conj. 4301 - 
Vale do Anhangabaú - São Paulo - SP - CEP 01031-001

       

Style Setting

Fonts

Layouts( inner pages )

Direction

Template Widths

px  %

px  %